Loading…

ANA CRUZ PSICANALISTA

“Tudo flui quando sentimos bem-estar mental. Aprenda que tudo é possível.” Fritz Perls – psicanalista
seja bem-vindo

3 R’s de defesa que você deve saber

Você já ouviu falar em repressão? Regressão? Racionalização? Imagina o que eles têm em comum? Dica: são mecanismos de defesa. Não entendeu? Eu explico.

O comportamento humano é pautado por uma gama de elementos e, diante de sofrimentos e ameaças, é capaz de produzir defesas que você nem imagina.

Mecanismo de defesa: são processos psíquicos inconscientes que se atribui ao Ego e tem por função a criação e organização de condições que ajudem a si mesmo a se proteger e evitar perigo, ansiedade, angústia, desprazer. Calma, todo ser humano produz mecanismos de defesa, é natural, afinal, faz parte do processo de sobrevivência.  Como criamos uma série destes mecanismos, cada um com uma maneira específica de funcionamento e este post ficaria gigante (só que não) trago três deles. Senhoras e senhores, 3 R’s do comportamento (de defesa) que você apresenta e nem se dá conta:

autodefesa

Repressão: também conhecido como “esquecimento” e primo da resistência. Trata-se do ato de afastar ao máximo da consciência uma situação traumática, ideia, desejo, afeto, emoção, ato, fatos, entre outros, e não está sujeito à recordação voluntária, tamanho o esforço da pessoa para “esquecer” e não sofrer. Este material fica apenas guardado no inconsciente, continua super ativo no psiquismo e pode causar diversos problemas e ‘estragos’ na sua vida. Geralmente algumas questões como asma, fobias, impotência e frigidez apresentam grande relação com algo reprimido.

Regressão: é um processo psíquico que consiste em retornar, regredir  a uma fase anterior a atual para fugir de um presente aflitivo, pois a pessoa busca um período da sua vida onde acredita que encontrava-se mais seguro e protegido, e também enquanto uma tentativa de resgatar gratificações típicas de tal período. Basicamente, incide na falta de capacidade de lidar com frustrações e problemas. Um bom exemplo de regressão é aquele sujeito que diante de certa situação abre aquele berreiro (choro birrento) tal e qual uma criança, afinal, se lá atrás foi assim que ele aprendeu em casa que se resolve assim ele reagirá.

Racionalização: é o processo através do qual a pessoa busca elementos lógicos e coerentes ainda que falsos para justificar o que se considera inaceitável; o uso do racional para sustentar o irracional. É um meio de ‘aliviar a barra’ de erros e falhas diante de atitudes, comportamentos, ideias, sentimentos, rompantes, descontroles que causem grande angústia diante do seu sentimento de culpa. Não se trata apenas de uma simples explicação, e sim de uma forma de disfarçar conflitos internos para si e para os outros, e também satisfazer necessidades narcisistas e instintivas.

Como disse, a produção de mecanismos de defesa é inerente ao ser humano, no entanto, o uso exacerbado dos mesmos pode sinalizar que há algo errado. Torna-se preocupante quando ocorrem em excesso, gerando consequências negativas. Pense nisso. E como diria meu amigo Carl Jung: “não conseguimos mudar coisa alguma sem antes aceitá-la.”

Grande abraço,

Ana Cruz – psicanalista

Deixe o seu comentário