ArabicEnglishFrenchPortugueseSpanish
Um vilão chamado estresse

Um vilão chamado estresse

Elemento característico e cada vez mais presente no cotidiano de muita gente, a alta carga de estresse traz consigo um grupo de amigos bem nocivos à saúde física e mental que podem comprometer (e muito) a sua vida como um todo.

O estresse (ou do inglês, stress) é uma reação natural, uma resposta, uma tensão gerada pelo organismo diante de uma determinada situação, real ou imaginária, que ameace perturbar seu equilíbrio interno. Ele ocorre quando há necessidade de se lidar com ocasiões que exijam um grande esforço emocional para serem superadas. Torna-se um problema quando esta reação é recorrente e constante diante de demandas consideradas ‘perigosas’ pelo nosso psiquismo, pois assim se produz alta carga de estresse e isso não é nada bom.

Como cada ser humano é único, é importante prestar atenção nos sinais que vão surgindo ao longo do tempo. É possível identificar os sintomas do estresse sob três pontos distintos: psicológicos – ansiedade, irritabilidade, ira, frustração, ressentimento, tristeza; físicos – dor de cabeça, fadiga, problemas de pele, complicações cardiovasculares, distúrbios do sono, pressão alta e comportamentais – procrastinação, baixa produtividade, desânimo, abuso de álcool e/ou drogas, aumento ou falta de apetite, alterações de humor, falta de memória. Cuidado, os sintomas seguem um ritmo progressivo e acumulativo.

estresse

Basicamente, a raiz da questão está centrada nas perspectivas do sujeito junto ao enfrentamento de circunstâncias de frustração e angústia, influenciada por fatores sociais, culturais, familiares bem como da sua predisposição para tal. Afinal, existem pessoas que, por exemplo, não se estressam tanto em um trânsito caótico e congestionado, ao passo que há outras que beiram um ataque de raiva, chegando até ao pico máximo de um rompante.

Como eliminar o estresse? Primeiramente admitir que precisa de ajuda e procurar um profissional para que se possa identificar as reais fontes do estresse na sua vida, afinal, os fatores preponderantes nem sempre são  óbvios, somos comandados por um cara chamado inconsciente e o papel de um psicanalista é ler e traduzir para você o que este cara realmente está dizendo com toda essa alta carga de energia.

Não perca a sua vida pra você mesmo.

Grande abraço,

Ana Cruz – psicanalista

Deixe o seu comentário