Loading…

THERAPIST ANA CRUZ

“O conhecimento de qualquer tipo causa uma mudança na consciência de onde é possível criar novas realidades." Deepak Chopra
seja bem-vindo

3 dicas para as suas metas de ano novo

Emagrecer, parar de fumar, casar, mudar de emprego. O ano de 2013 se encaminha para a sua reta final e muitas pessoas já começam a pensar sobre as suas metas de vida para 2014. Mas cuidado, não confunda metas e objetivos com sonhos e fantasias irreais.

Vamos direto ao ponto, todos nós desejamos mudar algo na nossa vida, independente do que seja. Isso é ótimo, afinal, devemos constantemente dar uma sacudida na nossa zona de conforto, afinal, ela existe e está sempre pronta para não nos deixar sair do lugar, e geralmente tem ferramentas muito sutis para ganhar esta batalha. Por exemplo: você realmente deseja se casar com alguém, ou sua zona de conforto a faz sonhar incansavelmente com o Brad Pitt (que jamais irá chegar) e assim você continua confortavelmente reclamando de todos os homens da face da Terra?

Um novo ano simboliza uma nova oportunidade de fazer diferente. É uma sensação semelhante como se ganhássemos uma folha de papel em branco onde pudéssemos escrever o que quiser, isto é, fazer deste novo ano o que quisermos. Porém, um erro bem comum está no fato de que diversas pessoas prendem-se a imaginações e ilusões (o irreal) que, ao não se realizarem com o passar do ano, acabam por gerar uma coleção de frustrações e angústias.

Se você não sabe por onde começar, deixo para vocês 3 dicas de como delimitar suas metas para o ano novo e trabalhá-las de modo mais assertivo:

ano novo 2014

  1. Passe toda a sua vida a limpo, dê um belo passeio em todas as áreas e liste tudo o que você não quer mais e também tudo o que você quer. Após, liste tudo o que você precisa para se livrar do que não quer e também tudo o que precisa para conquistar o que quer. A palavra-chave aqui é objetividade.
  2. Estabeleça prazos para as suas realizações e tenha a consciência de que dificuldades existirão ao longo do caminho e que é importante manter-se focado. Não se frustre caso algo não saia como você quer. Libere essa energia de alguma forma, levante a cabeça e siga em frente.
  3. Mantenha os pés no chão, revise de tempos em tempos suas metas e não tenha medo de mudar as estratégias ao longo do período.  Comemore cada conquista, esteja atento ao que precisa melhorar em si mesmo, pare de empurrar as coisas com a barriga e jamais tenha vergonha de pedir um auxílio para alguém.

A psicoterapeuta Evelyn Vinocur afirma: quando estabelecer metas, escolha metas inteligentes, ou seja, metas que sejam específicas (exclusivas para o propósito a ser atingido), mensuráveis (quando podemos determinar claramente se o progresso está sendo feito em sua direção), assumidas (quando você concorda com a meta e se compromete a executá-la), realísticas (podem ser alcançadas) e com tempo definido (pode ser concluída dentro de um tempo razoável).

Você é responsável pela sua vida, lembra? Ninguém disse que é fácil, assim como ninguém disse que é impossível.

Grande abraço,

Ana Cruz – psicanalista[:]

Deixe o seu comentário