Loading…

PSICOTERAPEUTA ANA CRUZ

“O conhecimento de qualquer tipo causa uma mudança na consciência de onde é possível criar novas realidades." Deepak Chopra
seja bem-vindo

O sofrimento é opcional: como o zen budismo pode ajudar a lidar com a depressão

Este é o livro escrito pela grande Monja Coen onde, além de detalhar como o budismo enxerga a depressão, revela também como a líder espiritual conseguiu superar a doença e uma tentativa de suicídio.


A depressão é uma realidade e precisamos falar sobre isso. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, atualmente mais de 320 milhões de pessoas sofrem da doença, que até 2020 será a enfermidade mais incapacitante do mundo. No Brasil, 5,8% da população sofre com esse problema, que afeta 11,5 milhões de pessoas. Segundo a OMS, o Brasil é o país, com maior prevalência de depressão da América Latina e o segundo com maior prevalência nas Américas, ficando somente atrás dos EUA, que tem 5,9% de depressivos.

Abaixo está um vídeo onde Monja Coen explica sobre o zen budismo, o colocando como um excelente coadjuvante no tratamento da depressão, assim como também aborda a concepção do inconsciente coletivo de Carl Jung que também impacta e influencia na doença, e claro, sobre sofrimento e dor – elementos abordados no seu livro:

 

Você pode ter mais informações sobre o livro no site oficial da Monja Coen.

Lembre-se: saúde mental em primeiro lugar. Busque ajuda, faça terapia.

Grande abraço,
Ana Cruz – psicanalista

2 thoughts on “O sofrimento é opcional: como o zen budismo pode ajudar a lidar com a depressão

Deixe o seu comentário